Tudo Sobre Seguir Jesus Pôr do sol sobre a água pacífica - Tudo Sobre Seguir Jesus Bandeira

Rendição a Deus


Rendição a Deus – O que essa frase realmente significa?
Rendição a Deus – esse é um termo que você já pode ter ouvido, mas o que significa exatamente? Rendição não é uma palavra frequentemente associada a ações positivas. Afinal, a renúncia "em nome da lei" geralmente significa problemas para alguém. E nós sabemos que quando um lado se rende para o outro no campo de batalha, isso é um sinal de que eles desistiram e perderam qualquer esperança de vitória.


Rendição a Deus – Se eu fizer isso, de que estou abrindo mão?
Se nos entregarmos a Deus, de que estamos abrindo mão? Será que isso significa, assim como para o inimigo na batalha, que estamos desistindo da vitória em nossas vidas? Será que Deus está apontando uma arma à nossa cabeça e nos obrigando a dar-Lhe tudo o que temos, como um bandido ou ladrão pode fazer? Com certeza há aqueles que estão dispostos a retratar a Deus nesse sentido, especialmente quando ganho próprio está envolvido. Mas quando chegamos a conhecer o verdadeiro caráter e natureza de Deus, podemos descobrir rapidamente quão falsa essa imagem é.

Rendição significa ceder a propriedade, abdicar o controle do que achamos que a nós pertence: a nossa propriedade, nosso tempo, nossos "direitos". Quando nos entregamos a Deus, estamos simplesmente reconhecendo que o que “possuímos” na verdade pertence a ele. Ele é o doador de todas as coisas boas. Como administradores da Sua propriedade, temos a responsabilidade de cuidar daquilo que Deus nos deu, mas ao nos render a Ele, devemos admitir que Ele está em controle de tudo, inclusive de nossas circunstâncias atuais. Render-se a Deus nos ajuda a abrir mão de tudo que pode estar nos atrapalhando do melhor de Deus para nossas vidas. Ao entregar-nos a Ele, deixamos de lado o que nos impediu de querer os caminhos de Deus em primeiro lugar.


Rendição a Deus – Uma escolha para Adão e Eva
No início, Deus colocou Adão e Eva no Jardim do Éden e deu-lhes tudo de que precisavam. Tudo o que era bom para comer estava disponível e de fácil acesso a eles. Havia apenas uma exceção, uma árvore - a árvore do conhecimento do bem e do mal. Entra em cena a serpente, aquele que agora conhecemos como Satanás. Perversa e enganosa em todos os seus caminhos, o primeiro movimento da serpente foi questionar a palavra de Deus ao sugerir à Eva: "É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?" Como todos sabemos, sugerir que o fruto proibido não é realmente proibido, afinal, é quase o mesmo que um convite. Apenas os sábios questionam o potencial resultado de ceder à tentação.

E se Adão e Eva tivessem sido sábios o suficiente para ver a decepção? E se tivessem reconhecido a escolha que estava à sua frente, e ao invés de duvidar da Palavra de Deus, tivessem na verdade escolhido obedecer a Deus? E se tivessem percebido que Deus deveria ser obedecido, mesmo se o Seu comando não parecia fazer muito sentido? Mas note que Deus não disse a Adão e Eva: "você não poderá comer da árvore do conhecimento do bem e do mal". Na verdade, lemos em Gênesis 2:16-17: E o SENHOR Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás.


Rendição a Deus – Uma escolha para todos nós
Adão e Eva tiveram a opção de se render a Deus quando Ele disse: "não comerás" ao invés de "não poderás comer". O fruto desta árvore não é algo que provavelmente iríamos encontrar na seção de frutas do nosso supermercado, mas representava uma alternativa que Deus nos ofereceu. Devem Adão e Eva confiar e obedecer a Deus para receberem uma maior recompensa no futuro, ou devem ceder aos desejos momentâneos de seus corações? Se tivessem optado por render os desejos dos seus corações a Deus, é possível que ainda estaríamos vivendo eternamente em uma terra perfeita, aqui e agora. Tragicamente, Adão e Eva não escolheram esse caminho. E por causa desse primeiro ato de desobediência, nossos corações se tornaram mais e mais propensos ao egoísmo com o passar de cada geração. (Considere os dados apresentados no capítulo 4 do livro de Gênesis - quando Caim, o primeiro homem nascido de uma mulher, assassinou seu próprio irmão. Quão rapidamente essa corrupção ocorreu!)

Antes de você decidir culpar Adão e Eva por todos os problemas ao longo da história, porém, é importante considerar que todos temos a mesma escolha que eles. A diferença é que foram os primeiros a estragar tudo!


Read Rendição a Deus Page 2 Now!



O que você acha?
Todos nós pecamos e merecemos o julgamento de Deus. Deus, Pai enviou o Seu único Filho para satisfazer o julgamento por aqueles que creem nEle. Jesus, o Criador e eterno Filho de Deus, viveu uma vida sem pecado e nos ama tanto que morreu pelos nossos pecados, tomando sobre Si o castigo que nós merecemos, foi enterrado, e ressuscitou dos mortos, de acordo com a Bíblia. Se você realmente crê e confia nisso de coração, e escolher receber a Jesus como o seu único Salvador, declarando, "Jesus é o Senhor", você será salvo do julgamento e passará a eternidade com Deus no céu.

Qual a sua resposta?

Sim, eu quero seguir Jesus

Eu já sou um seguidor de Jesus

Ainda tenho dúvidas





Como posso conhecer a Deus?




Se você morresse, por que Deus deveria deixar você entrar no céu?


Direito Autoral © 2002-2020 AllAboutFollowingJesus.org, Todos os Direitos Reservados